PM prende dupla com crack

Uma operação conjunta das Polícias Militar e Civil de Porto Real, na tarde da última quarta-feira,  resultou na apreensão de dois homens: Dayvid Remidio da Silva, vulgo “Deivinho”, 20 anos, morador de Quatis e um menor, de 17 anos. Com os suspeitos, foram encontrados 17 pedras de crack, um cigarro de maconha, R$ 377 em dinheiro e material para embalar entorpecentes.

C-30-CF-polcia-PM_prende_dupla_com_crack-Divulgao_1

A Guarnição da Assessoria de Imprensa da Unidade composta pelo CB PM W. Lopes e SD PM Amarante juntamente com Guarnição do PATAMO da 3ª cia composta pelo CB PM Fernando, SD PM J. Feijó e a Equipe da 100ª Delegacia Legal de Porto Real composta pelo Inspetor Richard, Comissário Arthur Rezende e Inspetor Rafael Fernandes, foram até a Rua Ângelo Sverbery, no bairro Nossa Senhora do Rosário, em quatis, verificarem uma denúncia de que no local haviam dois homens realizando endolação de drogas para venda. Ao chegar no local os policias realizaram um cerco na residência dos acusados. “Conseguindo entrar na residência e flagramos os homens embalando as drogas e preparando o crack para venda”, contou os agentes, acrescentando que ao indagarem os acusados sobre a procedência da drogas, eles contaram que teriam comprado o material no bairro Cabral em Resende. “Os homens disseram que após comprarem as drogas pretendiam revende-las em Quatis. A dupla ainda contou que o entregador do entorpecente seria um rapaz de 22 anos”, informou. Os policiais fizeram diligencias pelo bairro e conseguiram encontrar Raimundo Menezes Neto, 22 anos, residente em Itatiaia. “Com ele havia um sacolé de cocaína”, contaram os policiais militares.

 

Todos os suspeitos foram conduzidos para a 100ª Delegacia Polícia (DP). Lá, segundo a polícia, “Deivinho” foi autuado por tráfico de drogas e corrupção de menor , permanecendo preso. Enquanto que o adolescente responderá pelo fato análogo a tráfico de drogas, ficando apreendido e será apresentado para a Justiça. Já Raimundo, responderá por posse e uso de drogas e foi liberado para responder em liberdade.

 

FONTE: A voz da CIdade
http://www.avozdacidade.com/site/page/noticias_interna.asp?categoria=7&cod=33577