RECUPERAÇÃO DE CINCO ESTRADAS RURAIS

Vias atendidas nesta semana ficam em

São Joaquim, Falcão e Joaquim Leite

        Quatro máquinas retroescavadeiras, três caminhões e 15 operários, entre operadores, motoristas e trabalhadores com ferramentas manuais se encontram mobilizados pela Prefeitura de Quatis esta semana para o trabalho de recuperação das cinco estradas rurais afetadas por transtornos provenientes das chuvas ocorridas entre o natal e o ano novo. As estradas em recuperação se localizam nas regiões de Joaquim Leite, Falcão e São Joaquim, os dois últimos, distritos da cidade. A previsão do prefeito Bruno de Souza (MDB) é que, dependendo das condições do tempo, os serviços estejam concluídos até a próxima semana.

        As estradas em recuperação são as seguintes: Falcão-São Joaquim, dos Pinheiros, da Grota, Deserto e Havaí. Logo após as fortes chuvas da semana passada, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural realizou ações de emergência com o objetivo de garantir o escoamento da produção agropecuária, tendo retornado aos locais atingidos a partir da manhã desta quarta-feira para dar continuidade aos trabalhos de retirada de barreiras e colocação de escória.

Na estrada dos Pinheiros, o problema principal foi a queda da cabeceira de uma travessia sobre um córrego da localidade. Esta mesma estrada tinha recebido, na primeira quinzena de dezembro, serviços de patrolamento, corte de água e colocação de escória nos trechos mais críticos. Ao todo, as cinco estradas atendidas nesta semana pela prefeitura são utilizadas por 80 produtores de leite de corte, “daí a urgência na realização dos reparos” determinada pelo próprio prefeito Bruno de Souza. Também por determinação do prefeito de Quatis, o secretário municipal de Governo, Adriano Palma, vem coordenando o trabalho das equipes mobilizadas para a recuperação destas estradas.

No caso do leite produzido nas propriedades situadas nas regiões cobertas pelas cinco estradas, o escoamento é feito para quatro cooperativas agropecuárias, localizadas nas cidades de Três Rios, Barra Mansa, Valença e Quatis. Produtores destas regiões trabalham também com o gado de corte. A produção agropecuária representa a atividade principal da economia de Quatis, sendo responsável pela geração de renda para quase mil trabalhadores do Município.

– As condições de tráfego nestas estradas são necessárias para garantir não apenas a produção de leite e do gado de corte, mas também no caso de outros produtos, como cevada e ração, além de hortaliças e frutas, entre outras mercadorias. Atualmente, nos encontramos no período das férias escolares, mas as cinco estradas fazem parte também do itinerário do sistema de transporte escolar – destacou o prefeito de Quatis.

Bruno de Souza lembrou que, na semana passada, foram concluídos os trabalhos de recuperação da estrada da Uruguaiana, na região do distrito de São Joaquim, cujas condições de tráfego foram afetadas pelo temporal ocorrido na noite do dia 24 de dezembro passado. Já na próxima semana, os trabalhos de recuperação vão ser realizados na Estrada do Berra Onça. Esta estrada também se localiza no distrito de São Joaquim e representa uma das alternativas de ligação entre os municípios de Quatis e Valença, ambos no estado do Rio de Janeiro.

Quatis-RJ, 03 de janeiro de 2019

Fonte: 

PREFEITURA MUNICIPAL DE QUATIS
Secretaria Municipal de Governo
Coordenadoria de Comunicação Governamental